​​
Você tem alguma dúvida? contato@psicologiaanimal.com.br

Comportamento e Psicologia Animal: as emoções em cães e gatos

Comportamento e Psicologia Animal: as emoções em cães e gatos
10/02/2020 danilofonsecaa

Conviver com os animais domésticos pode ser uma experiência que vai além muito do contato físico, do cuidado e da companhia diária. A relação entre cães, gatos e humanos, quando observada com mais cuidado e atenção, se mostra profunda, construída por uma troca real de sentimentos, emoções e expressões. 
Por isso, compreender e estudar a Psicologia e o Comportamento animal é fundamental para que a convivência entre os seres de uma família multiespécie seja de mais respeito, harmonia e afeto. Além disso, o conhecimento dessas áreas por parte de Médicos Veterinários e profissionais da área pet também é importante e construtiva para a prática.
Para saber mais sobre os temas, acompanhe a entrevista da diretora acadêmica e científica do Psicologia Animal, Ceres Faraco. Boa leitura!

O que é a Psicologia Animal? O que ela estuda ou trata?

A Psicologia Animal é a área da ciência que trata do comportamento animal, das relações sociais que estabelece, seus processos cognitivos e as articulações com a Etologia, Psicologia, Evolução, entre outros campos de estudo.

O que são seres sencientes?

São os que têm alguma capacidade de avaliar ações suas e de outros, lembrar de ações e consequências, ter emoções e um certo grau de consciência.

Quais emoções ou sentimentos cães e gatos podem vivenciar?

Eles podem vivenciar com certeza: alegria, tristeza, medo, ansiedade, percepção de luto e agressividade.

Quando falamos de comportamento dos cães e gatos estamos falando de quais aspectos?

Comportamento implica em aspectos físicos e emocionais dos animais. Neste caso, inclui: desenvolvimento de padrões de comportamento do filhote, comportamento alimentar, de eliminação, social, predatório (de caça), aprendizagem e cognição, comportamento de higiene e também os distúrbios de comportamento. Além de comportamentos típicos de determinadas situações, como o reprodutivo, materno e no envelhecimento.

Como a relação próxima de cães e gatos com seres humanos reflete no comportamento animal?

Ela reflete na aprendizagem e adaptações que eles adquiriram ao longo da trajetória evolutiva em comum. Por exemplo, cães aprenderam a ler expressões faciais das pessoas e gatos intensificaram suas vocalizações direcionadas para “conversar” com as pessoas. Por outro lado, em alguns casos, as condições de vida são precárias por falta de conhecimento sobre as necessidades essenciais para as espécies e com isto podem ocorrer transtornos de comportamento e sofrimento dos animais.

O que significa o termo família multiespécie?

O que significa o termo família multiespécie?

É a configuração familiar composta por pessoas e seus animais de estimação, na qual os membros deste grupo se reconhecem e legitimam através de uma rede de interações e vínculos afetivos. 

Para quem é tutor, vive com um animal de companhia, em uma família multiespécie, qual a importância de se conhecer e compreender o comportamento desses seres?

Para poder desenvolver uma convivência sem problemas que prejudiquem a vida de ambos e, além disso, oferecer aos animais condições de bem-estar. Porque certamente, esta é a intenção dos tutores. Ficará mais fácil entender por exemplo, o porquê os gatos arranham, como isto é fundamental para eles, mas que não precisam ter sua mobília ou cortinas estragadas, pois há como manejar isto.

Qual a importância do estudo, do conhecimento, da psicologia e do comportamento animal para tutores, profissionais de saúde e Médicos Veterinários?

O conhecimento permite com que a forma de manejo profissional seja a menos invasiva e ameaçadora para o animal, reduzindo o medo e ansiedade que frequentemente sentem nestas situações. Além disso, previne situações de conflito entre animais que convivem no mesmo local e as direcionadas para as pessoas, reduzindo a possibilidade de manifestarem agressividade.

Como a formação e o aprendizado em cursos nessas áreas podem fazer a diferença na carreira e no mercado? Onde os profissionais podem atuar?

A área de trabalho com animais é, atualmente, das mais promissoras com demanda significativa de bons profissionais e com remuneração diferenciada. Porém, o profissional precisa estar constantemente atualizado para que os tutores e empresas da área reconheçam sua excelência e os distingam com uma avaliação de qualidade, respeito e confiabilidade. 
 
Gostou das informações que dividimos aqui? Compartilhe com outros tutores e profissionais da área pet. O Psicologia Animal, criado em 2009, é um instituto voltado para o bem-estar e, em especial, o comportamento animal. Acesse nosso blog e confira orientações importantes para o bem-estar e a saúde de cães e gatos.

1 Comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?