​​
Você tem alguma dúvida? contato@psicologiaanimal.com.br

Hábitos Alimentares: confira coisas estranhas que cães e gatos adoram comer

Hábitos Alimentares: confira coisas estranhas que cães e gatos adoram comer
21/05/2019 danilofonsecaa

Terra, grama, plantas, objetos não comestíveis e até mesmo o cocô. De repente você está passeando com o seu animal e percebe que ele está se alimentando de coisas um tanto quanto estranhas. O comportamento diferente do habitual muitas vezes gera um estranhamento para o tutor, já que muitas dessas coisas podem agradar o paladar dos animais.
Alguns hábitos alimentares de cães e gatos podem estar relacionados a diversos fatores. Para que você entenda melhor sobre alguns tipos de comportamento de cães, preparamos um artigo para que você possa tirar todas as suas dúvidas. Acompanhe a nossa leitura e confira coisas estranhas que cães e gatos adoram comer. Vamos lá?

Por que meu cão come terra?

Muitos cachorros gostam de comer terra pelo simples fato dos nutrientes que estão contidos nela, tais como os restos de vegetais, frutas e raízes. Um dos motivos para que ele comece a comer terra se dá também por deficiência ou carência de minerais da dieta, fazendo com que eles procurem outras formas de se alimentar para suprir suas necessidades . Além disso, fatores como o tédio, curiosidade (especialmente em filhotes) ou problemas de saúde também devem ser levados em consideração. A ausência de passeios e outras atividades faltantes na rotina dos cães, pode fazer com que eles desenvolvam esse mau hábito.
Por isso, crie uma rotina de passeios com ele. Já quanto aos problemas relacionados à saúde como a presença de parasitas ou dores estomacais, por exemplo, também podem ser causas comuns. Fique atento aos sinais.

E quando eles comem grama?

Assim como a terra, é normal que cães e gatos comam plantas e grama, pois são animais onívoros e necessitam de uma dieta completa e balanceada. Alguns tipos de planta são complementares às fontes de fibras e, por instinto, os cães e gatos podem comer para melhorar a digestão. Outra finalidade da grama é servir como erva medicinal para expelir a comida indesejada. Além disso, plantas e grama possuem fibras e minerais, ou seja, além de ajudá-los a expelir pelos e alimentos, podem contribuir para a melhora do trato intestinal.
 

Gatos que têm compulsão em comer objetos

Gatos que têm compulsão em comer objetos

Muitas vezes o gato pode pode apresentar hábitos um tanto quanto estranhos, como roer tecidos, mastigar linhas e cordões, comer brinquedos e outros itens não comestíveis que podem ser muito prejudiciais e afetar o organismo deles. A Síndrome de Pica é caracterizada por gatos que comem objetos e outras coisas que não fazem parte da sua alimentação. O tutor precisa ficar atento, já que uma alimentação inadequada, desequilíbrios emocionais e fatores genéticos podem provocar essa síndrome. Se você perceber que o seu gato está com este tipo de comportamento, procure imediatamente o Médico Veterinário. Afinal, só ele poderá diagnosticar com assertividade e escolher o melhor tratamento para ele.

Quando os cachorros comem cocô

A Coprofragia é o hábito que os cães adquirem ao comer as próprias fezes. Há vários motivos pelos quais os cachorros ingerem o próprio cocô ou de outros cachorros e/ou gatos. Ele pode comer cocô por imitação, por fome ou tédio, para esconder a prova, por estar em uma dieta inadequada ou até mesmo por outras questões de saúde.  A ingestão de fezes por imitação são caracterizadas como um comportamento que o cachorro tem ao observar outros cachorros comendo cocô, assim, acaba ingerindo com uma ação de imitar e fazer o mesmo que o outro cachorro, como uma forma de experimentação e/ou de curiosidade. Há também o ato de comer cocô por fome ou tédio, que pode ocorrer quando o dono não coloca a quantidade de alimento suficiente para ele ou até mesmo pela falta de atividades, passeios e brincadeiras com o tutor.

Também pode ser por uma alimentação pobre em nutrientes 

Ainda em relação à quantidade de alimentos, pode ser que o cachorro esteja com uma alimentação pobre em nutrientes. O olfato do cão é muito aguçado e, por esse motivo, eles reconhecem os nutrientes que ainda podem estar ali. A coprofragia pode indicar distúrbios relacionados ao pâncreas, deficiência de nutrientes no organismo ou até mesmo dieta oferecida de forma errada e como pode indicar problemas de saúde, na dúvida, o melhor é sempre recorrer ao Médico Veterinário assim que perceber um comportamento diferente do habitual.
 
Cachorro comendo plástico

E quanto ao plástico?

Os objetos de plástico, por exemplo, contém substâncias tóxicas que são altamente prejudiciais que podem afetar o organismo deles. Além disso, eles devem ficar longe de plantas venenosas e de produtos químicos.
Nossas informações sobre hábitos alimentares foram úteis para você? Para mais dicas e curiosidades, acesse o site da Psicologia Animal. Nosso objetivo é abordar sobre o comportamento animal melhorando assim a convivência entre os seres.

5 Comentários

  1. Angélica 2 anos atrás

    Olá! Gostaria de uma ajuda: meu cachorro é de médio porte (mestiço de chow chow com vira-lata), e de um tempo para cá vem comendo pedaços de sacos plásticos, quando os encontra pelo quintal. Isso pode ser sinal de alguma verminose ou algo do tipo?

    • Psicologia Animal 2 anos atrás

      Angélica,
      Não é provável que a verminose possa ser responsável por isto. Você deve contatar um especialista em comportamento para fazer uma avaliação do seu cão.
      EQUIPE INSPA

      • Sophia Vitoria Xavier de Souza 2 anos atrás

        Oi meu gato começou a comer terra e meus pais estão dizendo que ele vai morrer mais isso é verdade? Isso é uma doença

        • Psicologia Animal 2 anos atrás

          Sophia,
          Embora possamos tolerar algum comportamento aparentemente estranho em nossos animais de estimação, os gatos que comem algo que não é alimentício não é um deles. Não é normal, não é aceitável e, mais importante, não é inofensivo. Esse comportamento anômalo indica que seu bem-estar está comprometido. Além disso, isso pode levar a problemas de saúde.O material que não é digestível pode provocar problemas no sistema gastrointestinal, principalmente mucosa no intestino. Recomendamos que você leve ele ao veterinário para que seja avaliado.
          Equipe INSPA

  2. David 3 anos atrás

    Muito bom seus artigos vcs poderiam me passar as referências acadêmicas ?

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?