​​
Você tem alguma dúvida? contato@psicologiaanimal.com.br

Pulgas e carrapatos: como livrar a casa destas pragas?

Pulgas e carrapatos: como livrar a casa destas pragas?
05/02/2019 danilofonsecaa

Nada pode incomodar mais a vida de cachorros e gatos do que pulgas e carrapatos. Estes parasitas externos se alojam no corpo dos animais, causando coceira e mal-estar. As indesejáveis visitas picam e sugam o sangue dos pets para se alimentarem. Ao fazerem isso, acabam por estimular células do organismo a liberarem histamina, substância que causa coceira e que pode se espalhar pelo corpo todo através da corrente sanguínea. Além do incômodo causado pelo coça-coça sem fim, os carrapatos podem, ainda, transmitir doenças graves como Babesiose e a Erliquiose.
Os períodos mais quentes e úmidos do ano são os que concentram, normalmente, as infestações de pulgas e carrapatos. No verão, o tempo para os parasitas chegarem na fase adulta diminuiu de 120 dias para um tempo entre 14 a 21 dias. Para manter o pet protegido, é preciso ir além dos cuidados diretos com o animal. É preciso prestar atenção também e, principalmente, ao ambiente no qual ele vive, já que no caso das pulgas, por exemplo, 5% estão no corpo do animal, enquanto 95% permanecem fora na forma de ovos, larvas e pupas.
Este artigo, com dicas para proteger sua casa e, consequentemente, seu companheiro de quatro patas das pulgas e carrapatos, foi produzido pela nossa parceira, König do Brasil. A König é fabricante de produtos de uso veterinário desenvolvidos com foco na saúde e bem-estar animal. Acompanhe essa importante leitura!  
 

Antes, uma breve apresentação desses indesejáveis bichinhos

Características das pulgas:

  •  inseto que prefere lugares com poeira;
  • gosta de locais com grande circulação de pessoas;
  • costuma instalar-se em frestas de pisos e costuras de carpetes;
  • quando adulta, uma pulga põe de 25 a 30 ovos por dia;
  • apenas 5% da pulgas no ambiente são adultos (o restante, 95% são ovos ou larvas);
  • é capaz de pular até 30 vezes a sua altura (30 centímetros em média);
  • é muito resistente e consegue sobreviver mesmo sem sugar sangue por mais de 200 dias.
Carrapatos

Carrapatos

Características dos carrapatos:

  • um aracnídeo com dois tipos mais comuns: carrapato estrela (encontrado em capivaras e cavalos) e vermelho (mais comum em cães);
  • vive em ambientes com mato, grama, madeiras, plantas, frestas, batentes de portas e janelas e na pele de animais;
  • -possui uma carapaça resistente formada por quitina;
  • pode ficar bastante tempo sem se alimentar (quando larva, até 60 dias;
  • machos adultos, até 200 dias; e fêmeas adultas, até 220 dias);
  • o encontro entre o macho e a fêmea ocorre na superfície da pele do hospedeiro;
  • a fêmea precisa se alimentar de sangue para maturar os ovos. Ao cair no solo, ela põe entre 3.000 a 5.000 ovos.

Agora sim, vamos às dicas de como manter a casa livre de pulgas e carrapatos

Fechando a porta de entrada

Normalmente, pulgas e carrapatos chegam por meio de outros animais infestados durante os passeios pelas ruas, parques e praças. Por isso, uma dica é fazer uma inspeção no cachorro ao voltar para casa ou quando notar que ele está se coçando muito. Observe bem as áreas mais quentes e escuras do corpo, locais propícios para os parasitas, como embaixo da orelha, pescoço, barriga, focinho, entre os dedos nas patas e próximo à cauda.  Achou? Veja aqui como proceder.
Há também a possibilidade do dono transportar os parasitas para casa em seu calçado ou após o contato com um outro animal contaminado. Portanto, mesmo que vocês não tenham o hábito de passear, é preciso tomar precauções para diminuir as chances de infestação. Para isso, mantenha o ambiente sempre limpo, arejado e, se possível, deixe os calçados do lado de fora da casa.
 

Pulgas e carrapatos, como eliminar do ambiente?

    • passe o aspirador de pó no piso, em carpetes e rodapés para conseguir retirar possíveis ovos;
    • mantenha o espaço onde o pet dorme sempre limpo, principalmente, a caminha;
    • deixe a casa aberta para circular o ar e deixá-la mais arejada;
    • verifique batentes de portas e janelas, rodapés, embaixo de móveis, estrados de cama, frestas, muros e paredes. É preciso um pente fino mesmo para eliminar não só os parasitas adultos mas também em seus outros estágios;
    • depois de toda a limpeza, você ainda pode usar produtos específicos para combater as pragas que não agridam o pet. Procure um médico (a) veterinário (a) para te orientar melhor sobre as possibilidades.

Conte para nós se as informações partilhadas aqui foram importantes para você. Fique sempre de olho nos conteúdos sobre saúde e cuidados com os pets no blog da König e sobre o comportamento e o bem-estar de cães e gatos no Psicologia Animal.

5 Comentários

  1. Boa tarde!
    Aqui é a Rosemeiri Custódio, fiquei satisfeita com esse artigo foi totalmente satisfatório, vou aplicar essas dicas no dia à dia da minha pet, ficarei atenta em seus artigos.
    Obrigada!

    • Psicologia Animal 2 anos atrás

      Rosemeiri,

      Ficamos satisfeitos com sua mensagem e interesse nos conteúdos que compartilhamos.

      Obrigada
      EQUIPE INSPA

  2. Curso De Tarot 2 anos atrás

    Aqui é a Camila parabéns pelo conteúdo do seu site gostei muito deste artigo, tem muita qualidade vou acompanhar o seus artigos.

    • Psicologia Animal 2 anos atrás

      Boa tarde Camila,
      Ficamos satisfeitos com a sua mensagem!
      Nos estimula a continuar e sempre aprimorar o conhecimento que compartilhamos.
      EQUIPE INSPA

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?